sexta-feira, 25 de maio de 2012

Trabalhando com a "Imperatriz"

Em comemoração ao Dia Mundial do Tarô, a querida Nath Hera deu uma idéia ao pessoal do "face-grupo" Divinare Club: os participantes deveriam criar sua visão pessoal de uma lâmina do tarô para postagem no dia de hoje. A mim coube o arcano III, a carta da 'Imperatriz', e aí ao lado vocês vêem como ficou a minha interpretação. Ao receber a carta com que trabalharia, confesso que fiquei extremamente feliz e empolgada! 'A Imperatriz' faz parte da minha tríade pessoal de cartas preferidas do tarô - as outras são 'A Estrela' e 'O Mundo'. É uma carta que se relaciona à natureza, às artes, à graça, à beleza... Coisas bem librianas como eu, rs.

Em seus sentidos positivos de abundância e do poder do feminino, ela me trouxe conexões com aquilo que cria, nutre, embeleza e acalenta a vida. Foi pensando em tudo o que "ME" nutria que percebi as muitas conexões pessoais que tive com 'A Imperatriz' ao longo do trabalho. Quando comecei a imaginar o design da lâmina, me vieram intuições sobre flores e sobre deidades, de cores, aromas e ambiente... Todas as vezes que parava para fazer um pouquinho da lâmina usava incensos ou óleos essenciais para perfumar o ambiente, com toques florais e verdes: muito rosa, vetiver e ylang-ylang. Daí, ia trazendo elementos que me são próximos para falar dos atributos desta "senhora"...


O toque art nouveau veio como uma lembrança à realeza como mecenas, que traz o belo aos olhos dos seus, a arte que toca o coração. As rosas, em abundância, fazem a conexão com a natureza criadora e embelezadora do arcano, e também fazem alusão à Vênus, deusa romana. Sua versão grega, Afrodite, me é muito próxima; tenho um altar dedicado a ela em minha casa, como podem ver na foto ao lado. De Vênus, ainda, sabemos que é uma deidade que representa o ímpeto da criação. Ela representa a fertilidade primordial da terra, assim como 'A Imperatriz', que cria e nutre seu povo. Esta ligação com a fertilidade também aparece através da gestação que ela apresenta, do símbolo astrológico do planeta Vênus e da runa Berkana, estes últimos colocados como marcas d'água no desenho. A saber, Berkana é uma runa de nascimento, de fertilidade, sempre indicando uma energia de nutrição, equilíbrio.

'A Imperatriz' carrega chaves em sua mão, pois é dona do poder de decisão para abrir ou fechar portas, para dar ou não oportunidades, para ser ou não benevolente. Ela usa adornos dourados, em referência a riqueza advinda de seu reinado. Entretanto, esta representação da 'Imperatriz' não está em vestes reais suntuosas, e isso foi feito propositalmente para trazer a imagem do arcano para algo mais próximo de nós. Pelo contrário, a leveza com que ela se apresenta nos remete à leveza de viver a vida com entrega, na segurança de que tudo fica bem no fim - basta ter confiança na sabedoria da natureza, basta se sentir grato e feliz por viver, e assim viver bem.

Por fim, muitas outras impressões e intuições surgiram, e foi muito rico participar de um projeto como este. Tentei reduzir ao máximo todas essas impressões para os simbolismos mais fortes e recorrentes, e aí está a carta.

- Foi uma delícia fazer algo assim...
Espero que tenham gostado do resultado!

© Todos os direitos reservados.

2 comentários:

¬ Obrigado por seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...