quinta-feira, 24 de maio de 2012

Dia Mundial do Tarô

O Tarô veio até  mim como um instrumento de auto-conhecimento; em 2008 tentei iniciar este estudo com mais afinco, mas o momento era o de me dedicar mais a conhecer o que hoje é meu oráculo pessoal, o Petit Lenormand, por vezes conhecido (!) como "baralho cigano". Então, estudo-mas-não-jogo-ainda, rss...

Foi daí que chegou o Dia Mundial do Tarô: hoje, 25 de Maio! Em comemoração a este dia especial, me prometi dar um pontapé inicial: vou começar a compartilhar com vocês os meus textos de estudos dos arcanos maiores do Tarô e das cartas do Petit Lenormand, uma a uma, aqui no cantinho.


Uma breve e simplória introdução: o Tarô é um instrumento oracular e de auto-conhecimento composto por 78 cartas, onde 22 são conhecidos como os Arcanos Maiores, cada qual com seu significado. As demais cartas são distribuídas numa estrutura de baralho composto de 04 naipes, conhecidos como os Arcanos Menores: Ouros, Paus, Copas e Espadas. Cada um destes naipes possui as cartas de 01 a 10 mais as cartas "da Corte": Reis, Rainhas, Cavaleiros e Valetes.

Hoje existem inúmeros livros que falam do Tarô e de suas origens. Já li em alguns lugares que o tarô se originou no Egito, em outros li que ele vem do Oriente, mas a origem que mais li, até onde me recordo, diz que o Tarô na forma mais próxima do que conhecemos hoje é italiano "de nascimento", originado de um jogo de cartas usado como distração para ricos e nobres e que depois se tornou bem popular. Era um baralho normal que foi acrescido de cartas-coringas, cada um com um significado especial. Já li também que ainda hoje o Tarô é usado como jogo em alguns países, mostrando que sua faceta oracular veio mesmo depois.


- Além dos livros, existem cursos disponíveis para aqueles que desejam conhecer a fundo este oráculo, seja para uso pessoal ou profissional. Cursos, sites, fóruns... É só pesquisar!

"Pronto, legal, eu quero! Vou fazer um curso, qual tarô que eu compro?" Não é tão difícil assim, se pensarmos bem. Me deram a dica que repasso aqui: para os estudantes, como eu, é sempre bom ter um deck de "tarô clássico".  Se encaixam nessa definição os tarôs que trazem a iconografia baseada nos primeiros modelos do tarô. Após estudar a simbologia e entender o significado intrínseco de cada arcano/carta é possível adquirir outro(s) deck(s) para uso. E existe uma grande variedade de decks, com os mais diversos temas possíveis!.. "Deck" vem a ser o conjunto de lâminas de tarô desenhadas sob um mesmo padrão, um mesmo design.

Qual adquirir, afinal? "Conexão" é realmente a palavra chave: pesquise, procure, saiba a origem do tema, do que as imagens falam - até porque, no meu ponto de vista, os  instrumentos oraculares como o Tarô e o Petit Lenormand se valem bastante das imagens, sua iconografia auxilia muito os insights "saltarem" durante uma leitura.

Fato é que o Tarô se tornou mais do que um simples instrumento para "ler a sorte"... Diz-se que "as cartas não mentem" e isso vale também para nós mesmos: o Tarô hoje vem a ser também uma ampla estrada para uma viagem de autodescoberta, uma ferramenta objetiva para autoanálise. E para um oráculo tão rico e especial, nada mais justo que ele venha a ter um dia mundial dedicado a ele!

Feliz DIA MUNDIAL DO TARÔ!  
Parabéns a todos os tarólogos que se dedicam a este incrível oráculo!

- E para os "prézinhos" como eu,
então, vamos estudar? ; )

© Todos os direitos reservados.

Um comentário:

¬ Obrigado por seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...